Seu primeiro portal para notícias e críticas literárias!

 

Livro
 
 
 
 
 

Sonho Febril.

Sonho Febril é um livro de terror com algo a dizer. George R. R. Martin, no entanto, subestima a inteligência do leitor, fazendo questão de deixar suas ideias absolutamente claras para depois ainda repeti-las algumas vezes s...
 
 
 
 
 

O demonologista.

Apesar de suas ambições, O demonologista é um livro superficial e profundamente falho: ele até contém uma parcela de cenas empolgantes, mas a incapacidade do autor de montar uma narrativa coesa e coerente resulta em uma hi...
 
 
 
 
 

Alma?

Alma? se configura um problemático exercício de estilo. A autora faz com que a forma de sua história sobrepuje o conteúdo, impondo um estilo ao leitor que, apesar de ser inicialmente divertido, jamais se renova, tornando a ...
 
 
 
 
 

God of War.

Nem mesmo Kratos conseguiria passar incólume pelo desafio de ler sua história contada assim.
 
 
 
 
 

O Príncipe de Westeros e outras histórias.

O Príncipe de Westeros e outras histórias é uma coletânea irregular que apresenta alguns contos excelentes e outros nem tanto.
 
 
 
 
 

A menina que brincava com fogo.

Stieg Larson pode ter expandido o tema de sua trilogia e colocado sua personagem mais interessante nos holofotes, mas ao construir uma narrativa desinteressante que se repete ao máximo e ao sequer concluir as tramas que mais s...
 
 
 
 
 

As Lágrimas de Shiva.

As Lágrimas Shiva ainda configura-se um exemplar consideravelmente eficiente em seu gênero, uma vez que o autor sabe empregar os componentes típicos da literatura infantojuvenil em uma história que, embora jamais surpreenda...
 
 
 
 
 

Wild Cards: O começo de tudo.

O Começo de Tudo, além de sofrer com a questionável qualidade de alguns de seus contos, ainda carece de coesão interna. Há autores, todavia, que trabalham exemplarmente com os temas apresentados e fazem o livro ser, apesar...
 
 
 
 
 

Garota Exemplar.

Apesar de alguns deslizes, Garota Exemplar configura-se um excelente suspense policial, com um mistério bem desenvolvido, personagens memoráveis e um tema relevante.
 
 
 
 
 

Tempo do Desprezo.

Andrej Sapkowski é um autor que não evoluiu em quatro livros, apenas tornou-se mais ambicioso, aumentando o número de falhas em sua prosa e em sua história. No entanto, como elas sempre foram de boa qualidade, o impacto nã...
 
 
 
 
 

O Sangue dos Elfos.

No fim, O Sangue dos Elfos deixa a impressão de ser um excelente livro inacabado. Andrej Sapkowski desenvolve os personagens e suas relações habilmente, mas ao adiar a conclusão possivelmente para o livro seguinte, ele deix...
 
 
 
 
 

A Espada do Destino.

A Espada do Destino é um livro que constrói seu tema de forma eficaz, por intermédio de pequenas histórias que, juntas, compõem uma única luta contra o impossível. O grande acerto de Andrzej Spakowski, porém, é evitar ...


Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com